Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

Cemitérios

Os cemitérios são lugares, de algum modo, enjeitados. Uns fingem que os ditos não existem, talvez porque tiveram a sorte de não terem levado a enterrar alguém; outros sabem bem o que isso é, mas fogem do local, como se essa evasão tornasse menos palpável a sua perda. Outros há, que fazem dos cemitérios, um espaço de culto e de presença assídua, incluindo a visita como uma parte da sua rotina. Com efeito, fica-se a saber muito dos que já foram e dos que ficaram a chorar quem partiu, nas deslocações aos cemitérios - as campas dos vizinhos, o detalhe das lápides, as flores e os enfeites. Se usarmos a atenção plena, o nosso cérebro acaba por ter ali, um momento de mindfulness.
Fonte da imagem
Não consigo precisar, com detalhe, a primeira vez que pisei num cemitério. Sei que foi ainda no tempo em que vivia na Argentina, por isso, terá sido por volta dos 5 anos de idade. Guardo a memória de um cemitério diferente dos portugueses, um conjunto de paredes altas com “gavetas” ou, como eles dizem…

Mensagens mais recentes

Será que vai ficar tudo bem?!

Eu sei que o Universo conspira a teu favor

(Re) descobertas da quarentena

Retalhos de rascunhos antigos

A solidão fica livre

ALEGRIA E TRISTEZA COEXISTEM

Em modo de oração

Primavera

A vida é uma coleção de momentos

Instantes mágicos